Atendimento especial para portadores de Parkinson e Alzheimer no Gama

O Hospital Regional do Gama (HRG) oferece há oito meses atendimento mais humanizado e integral a 60 pacientes portadores de Parkinson e Mal de Alzheimer, por meio de atividades de lazer e estimulação que conseguiram reduzir o tempo de espera para terapia.

“As atividades incluem jogos, dinâmica de grupo, dramatização, dança, alongamento e estimulação sensorial e motora”, explicou hoje a terapeuta ocupacional Jacqueline Santiago, responsável pelo projeto.

O principal objetivo do tratamento, segundo Jacqueline, vai além da recuperação funcional, motora e psicológica, e traz a promoção e integração do doente em seu ambiente familiar, social e profissional.

A intenção é recuperar sua autoestima e diminuir quadros de depressão, que normalmente acompanham os pacientes portadores dessas doenças. O projeto também inclui suporte psicossocial aos familiares.

Segundo a chefe do Núcleo de Fisioterapia, Andréia Cristina dos Santos, a iniciativa é inovadora no HRG, “e já tem absorvido as demandas de pacientes com sequelas severas causadas por AVC e portadores de esclerose múltipla”.

A aposentada Josefa de Sousa, de 85 anos, relata que tinha tremores no lado esquerdo do corpo, dificuldades para se locomover e descobriu recentemente que tinha Parkinson.

“É a minha primeira vez na terapia, as pessoas do grupo são maravilhosas, me receberam muito bem, estou contente e otimista com o tratamento”, destacou.

 

SERVIÇO – As atividades funcionam no setor de ambulatório do HRG, de segunda a quinta-feira, de 9h as 11h.

Para os usuários interessados em participar dos grupos, as avaliações acontecem às terças-feiras, no período da manhã.

É necessário o encaminhamento médico com a descrição da patologia, o cartão do SUS e de consultas do posto de saúde ou do HRG, além de todos os exames que tenham sido realizados anteriormente com definição do diagnóstico.

Fonte:

Deixe um comentário