Asfalto cede pela terceira vez em Taguatinga

Pela terceira vez em menos de três meses, o asfalto afunda em uma rua no centro de Taguatinga. No meio da tarde desta quarta-feira (26), uma cratera se abriu no estacionamento ao lado do meio-fio na quadra C-8.

A Polícia Militar interditou a área para impedir a aproximação de pessoas e evitar possíveis acidentes. Segundo os PMs, a Caesb e a Administração Regional foram comunicadas para providenciar os reparos. Da vez anterior, o trânsito ficou proibido para veículos durante mais de 13 horas na Avenida Comercial Sul.

Nota à imprensa

A Caesb informa que está realizando um conserto emergencial da tubulação de esgoto da C8, em Taguatinga Sul. Durante a execução do serviço, foi detectado que um trecho da tubulação, anterior ao local do rompimento, deverá ser substituído também preventivamente. Como a via já estava fechada para os devidos reparos, a Caesb dará continuidade ao serviço. A previsão de conclusão do reparo da tubulação de esgoto e liberação da via é para as 12h de amanhã (28/06).

O fornecimento de água será retomado a partir das 21h de hoje, gradativamente. As áreas afetadas com a interrupção do fornecimento de água são: QSA, QSB, QSC, CSA, CSB, CSC, QSD AE 1 A 4, SSU – D AE, QSC 19 – Setor de Chácaras, Toda C 2 a C 12 SUL e Setor Hoteleiro Sul de Taguatinga. 

A Caesb comunica que já foram realizados estudos sobre o sistema de esgotamento sanitário da região. O projeto para substituição das redes já está em fase de conclusão. Em seguida, será realizada a licitação para início das obras. A Companhia pede desculpas a toda população de Taguatinga pelo transtorno.

A Companhia informa, ainda, que toda unidade usuária deverá contar com reservação de volume mínimo correspondente ao consumo médio diário, de acordo com o artigo 50 da Resolução da Adasa nº 14, de 27 de outubro de 2011, que estabelece as condições da prestação e utilização dos serviços públicos de abastecimento de água e de esgotamento sanitário no Distrito Federal.

Mais informações para a população pelo número: 115.

Deixe um comentário