Arnaldo Antunes e artistas locais fazem live no Dia do Professor

Data comemorativa que se preze não pode passar em branco. Com o Dia do Professor não poderia ser diferente. Apesar de a pandemia da covid-19 impedir os tradicionais shows presencias, realizados todo ano pelo Sinpro-DF em homenagem aos professores, ela não vai atrapalhar a comemoração virtual.

O sindicato realizará, na terça-feira (13), uma superlive cultural em homenagem à categoria. Inspirado no educador Paulo Freire, o tema “Esperançar e resistir” é apropriado para este ano, um momento de crise sanitária por causa da pandemia e da falta de políticas públicas para a saúde e de crise econômica por causa dos ataques à educação, aos serviços públicos e à classe trabalhadora pela política neoliberal.

O tributo ao Dia das (os) Professoras (es) apresenta, na programação, uma série de shows com artistas locais e, como atração principal, o músico, poeta, compositor e artista visual Arnaldo Antunes. A transmissão da será a partir das 15h, nos canais do Sinpro-DF no Youtube, Facebook e Instagram.

Além de Arnaldo Antunes, os artistas Pedro Paulo e Matheus, Alessandra Terribili, Marcelo Café, Beirão, Manassés e Discolada se apresentarão. A live Esperançar e Resistir conta também com a presença de poetas e atores da cidade, como Richard Riguetti, e de fora do DF, como Lília Diniz, poeta maranhense radicada em Brasília que interpreta Cora Coralina.

“É a primeira vez na história do Sinpro-DF que o Dia das Professoras e dos Professores será comemorado virtualmente. A pandemia, que segue alarmante diante da ausência de políticas públicas adequadas para combater a disseminação do novo coronavírus, não permite aglomerações. De forma responsável e colocando a vida sempre em primeiro lugar, o Sinpro-DF não deixará que, este ano, a data seja menos importante. Uma programação de qualidade vai marcar esse dia, recarregar nossas energias e nos dar força para continuar na luta”, afirma Márcia Gilda, diretora da entidade.

O evento é uma parceria do Sinpro-DF com o Sindicato dos Professores em Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal (Sinproep-DF) e conta com a participação da Central Única dos Trabalhadores (CUT-DF), Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e a Confederação dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (Contee)

Deixe um comentário