Área residencial será regularizada

O terreno pertencente à União, onde está o Hospital das Forças Armadas (HFA) e alguns prédios residenciais, no Cruzeiro, será fracionado conforme projeto elaborado pela Secretaria de Habitação (Sedhab), em atendimento a um pedido da Superintendência do Patrimônio da União (SPU), do governo federal.

O terreno será dividido em dois, separando o hospital e a extensão da área onde estão os prédios residenciais, para que os moradores possam adquirir o imóvel, uma reivindicação que dura mais de 20 anos.

A solução encontrada pela Sedhab para resolver o problema dos moradores foi apresentada à Associação dos Moradores do HFA, em reunião na manhã de hoje, que também contou com a participação da SPU.

Algumas famílias, porém, não têm permissão para morar na localidade, por isso, será estabelecido um diálogo entre a associação dos moradores e a SPU, que estuda caso a caso. Se o morador não tiver direito, deverá desocupar o imóvel.

Ficou a cargo da superintendência cobrar da Administração do HFA os documentos relativos para o registro das edificações em cartório, em um prazo de 30 dias. A SPU também fará uma audiência com os moradores assim que o registro em cartório tiver encaminhamento.

Fonte:

Deixe um comentário