Livro conta a história de Taguatinga

Alvaro Calzá e esposa, Célia, nas bodas de ouro

O livro Ao Encontro da Esperança, que será lançado quarta-feira (7), faz um retrato da vida em Taguatinga praticamente desde o início da cidade. A história é contada por um apaixonado pela satélite, o economista aposentado Álvaro Calzá. O título, de acordo com ele, foi escolhido porque simboliza a saída de qualquer lugar para um local onde jorra a esperança, simbolizada por uma foto onde brilha o Sol contra silhuetas dele e mais três parentes.

“Sou bairrista. Desde 1961 estou aqui. Taguatinga adotou-me. Adotei Taguatinga”, diz bem-humorado. Paixão maior do que pela cidade, ele não esconde, só pela mulher, Célia Puttini, com quem convive há 50 anos. Daí Álvaro fazer questão de que sua foto seja junto com a esposa, “musa inspiradora”. Célia inspirou-lhe o livro e aparece em foto junto com o autor, para ilustrar a vida deles em comum. Os três filhos nasceram e continuam morando em Taguatinga.

Ao Encontro da Esperança começa em 1955, quando o então presidente Juscelino Kubitscheck assumiu o compromisso de construir a nova capital do Brasil no Centro-Oeste. São mais de 160 fotos em preto e branco. Álvaro, além de escrever, fala com facilidade e alegria sobre sua juventude em Taguatinga. Inclusive, a renda obtida com o livro (R$ 30 o exemplar) será revertida em prol do Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, onde, no Salão Nobre, será feito o lançamento da obra, das 17h às 22h.

“O livro é uma abordagem sobre o início da construção de Brasília, como nasceu Taguatinga, sua formação, primeiros tempos e uma história romântica, tudo junto e misturado”, escreve Álvaro na capa. Na história, entra em papel de destaque o santuário, que mantém até hoje o colégio onde ele estudou, o Stella Maris, no centro da cidade.  Suas lembranças têm fortes raízes também no restaurante que seu pai teve. “O balcão foi uma faculdade para mim”, recorda.

Álvaro nasceu na Itália, veio para o Brasil aos cinco anos, naturalizou-se brasileiro e casou-se com uma neta de italianos. O economista aposentou-se como funcionário da Embrapa há nove anos. O livro era um de seus projetos que levou adiante depois da aposentadoria ao lado de Célia, igualmente aposentada.

SERVIÇO

Ao Encontro da Esperança

173 páginas

Lançamento: Quarta-feira (7), Das 17h às 22h

Local: Santuário Nossa Senhora Perpétuo Socorro (Salão Nobre)

Preço: R$ 30

Fonte:

One Response

Deixe um comentário