Ansiedade pode causar prisão de ventre

A constipação intestinal é um problema sério, e uma das principais queixas gastrintestinais da população em geral. Dentre os sinais e sintomas estão a dor abdominal, inchaço, distensão, evacuação reduzida, dificuldade na eliminação das fezes, que apresentam-se ressecadas, duras e pouco volumosas. Na maioria dos casos, esse problema é resolvido com uma dieta rica em fibras, ingestão adequada de água e prática de atividade física.

Um fato importante a ser analisado é a relação da constipação com condições psicológicas. Segundo a Organização Mundial de Saúde, uma em cada quatro pessoas será afetada por algum distúrbio mental em uma dada fase da vida. Considerado por muitos como o mal do século, a ansiedade é uma das doenças psicológicas mais encontradas atualmente na população mundial e é uma ocorrência capaz de interferir nos hábitos intestinais.

A ansiedade pode reduzir o trânsito intestinal, com diminuição do fluxo sanguíneo no intestino. Esse processo, somado a uma baixa ingestão hídrica, baixo consumo de hortaliças, frutas, cereais integrais e pouca ou nenhuma prática de atividade física resulta na constipação intestinal, ou tradicionalmente chamada de prisão de ventre.

Por isso é importante fazer boas escolhas nutricionais, prática de atividade física e acompanhamento psicológico que propicie o controle da ansiedade, quando necessário. Sabe-se que a saúde do corpo é fundamental para um bom funcionamento, assim como a saúde da mente. Portanto, faz-se necessário mudanças de hábitos para que haja mudanças na qualidade de vida.

Deixe um comentário