Alimentação e o câncer de mama

O câncer de mama é um dos tipos de neoplasias que mais acomete mulheres no Brasil e no mundo. Dentre os fatores que contribuem para o desenvolvimento da doença, pode-se destacar a alimentação, responsável pelo aparecimento de até 35% dos casos, segundo dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer).

Um padrão alimentar rico em gorduras saturadas e trans, açúcar, farinha branca (refinada), entre outros alimentos altamente processados, favorece a inflamação do organismo, que ajuda a promover a iniciação, promoção e progressão do câncer de mama.

Uma alimentação rica em frutas, hortaliças e que contenha alguns alimentos já bem estudados com benefícios para esse tipo de neoplasia, como o chá verde, ervas, linhaça, peixes, dentre outros alimentos ricos em substâncias bioativas, promove a proteção do organismo graças às suas propriedades anti-inflamatórias.

Esses alimentos podem prevenir o desenvolvimento do câncer de mama por meio de mecanismos como a morte programada de células cancerígenas, bloqueio da irrigação sanguínea do tumor, impedindo a nutrição do tumor e evitando a formação de metástases.

Portanto, um padrão alimentar equilibrado e rico em compostos bioativos com ação antioxidante, visa tanto a prevenção como o tratamento coadjuvante da doença já instalada.

Fonte:

Deixe um comentário