Água: sede de viver, sede de sobreviver

Fonte de vida e recurso necessário para a sobrevivência de toda a cadeia humana, a água é um bem natural, vital, insubstituível e imprescindível para a humanidade. Apesar de tanta importância, esse recurso tem sido utilizado de forma errada, o que tem impedido sua disponibilidade de uma forma sustentável para todos. Fatores como o desperdício, a poluição e a forma incorreta que muitas vezes a utilizamos nas cidades e no campo têm colaborado com a exclusão social, a pobreza e o acesso democrático à água.

É diante deste cenário e com esta grande preocupação que o Sinpro lança o IX Concurso de Redação e Desenho, que em 2018 trabalhará com o tema Água: sede de viver, sede de sobreviver. As inscrições estarão abertas no site do sindicato a partir do dia 15 de fevereiro para os estudantes da rede pública de ensino do Distrito Federal, que poderão debater a temática na forma de redação ou desenho.

A partir deste contexto, os inscritos poderão sugerir formas conscientes para gerir os recursos hídricos; propor maneiras de diminuir as desigualdades em seu repasse e no acesso à água tratada; promover seu uso de uma forma sustentável e, principalmente, encontrando soluções para acabar com a má utilização desta fonte, da qual brota a vida.

Para a diretora do Sinpro, Rosilene Corrêa, com o Concurso de Redação o Sinpro cumpre a tarefa de levar o debate sobre a ameaça da falta de água no planeta para as escolas, discutindo um problema que afeta toda a humanidade. “O problema que estamos passando vai desde os pequenos gestos até o consumo industrial. É a minha forma de escovar os dentes, mas também de como as indústrias tratam isto”, analisa a diretora. “O objetivo é levar a discussão para dentro das salas de aula, para despertar os estudantes e professores a pensarem a sua prática, encontrando saídas”.

As inscrições estão abertas para estudantes da Educação Infantil, de 4 e 5 anos de idade, até o Ensino Médio. Cada participante deverá fazer sua inscrição no site do sindicato, porque será gerado um código de identificação, o qual deverá ser usado para preencher a Folha da Redação ou a Folha de Desenho. Essas folhas também serão disponibilizadas pelo Sinpro. Importante lembrar que nem a redação nem o desenho serão aceitos em outro tipo de folha.

Os prêmios serão distribuídos para estudantes vencedores (as) e professores (as) ou orientadores (as) educacionais indicados (as) pelos (as) participantes. É importante observar que os (as) professores (as) que fazem parte da Comissão Julgadora não podem ser indicados (as) pelos (as) estudantes. Formada por professores (as) e orientadores (as) educacionais da rede pública de ensino, a Comissão receberá os trabalhos sem identificação da escola, do nome do estudante ou do professor que orientou o trabalho, para garantir a transparência do processo.

O Concurso de Redação do Sinpro-DF faz parte da Campanha contra a Violência nas Escolas, uma iniciativa do sindicato adotada em 2008 para ensejar, entre os (as) estudantes da rede pública de ensino, a reflexão sobre as causas, as consequências e as soluções para a violência – um problema que afeta toda a sociedade.

Fonte:

Deixe um comentário