AFS DAY em Brasília

No dia 30 de março jovens de Brasília terão a oportunidade de conhecer a AFS, a mais antiga organização de intercâmbios para jovens no mundo. O evento será realizado na SQN 206, bloco E, Asa Norte – salão de festas, às 10 horas. Os voluntários também vão falar da experiência de participar da Instituição e conectar pessoas que têm como sonho conhecer o mundo. A Instituição é uma organização internacional, voluntária, não governamental e sem fins lucrativos, comprometida em oferecer oportunidades de aprendizagem intercultural por meio de programas de intercâmbio, ajudando as pessoas a desenvolver conhecimentos, habilidades e o entendimento necessário para criar um mundo mais justo e pacífico.

A arquiteta e urbanista Júlia Herszenhut não se esquece dos anos de 2004 e 2005, quando viveu na Alemanha através de um intercâmbio estudantil promovido pelo AFS. A estudante, então no terceiro ano do ensino médio, conheceu a Instituição por meio de uma amiga.

A primeira tentativa de viajar para o Reino Unido não deu certo, e o destino parecia querer mesmo levar a menina de origem judaica para a Alemanha. “Meus pais não queriam muito, mas era uma grande oportunidade. Como meus avós eram judeus poloneses eu tinha alguns hábitos culturais parecidos com os alemães e a língua, o ídiche, também tem muitas semelhanças, então tudo isso ajudou”, relembra Júlia Herszenhut.

Mais do que aprender uma nova língua, novos conhecimentos e vivenciar uma cultura tão diferente da brasileira, para a jovem o grande aprendizado é a ampliação da visão de mundo. Lá ela morava em uma vila com cerca de 500 habitantes e quase todas as atividades eram feitas com a família que a recebeu. Aliás, família com a qual ela ainda mantém vínculos, com visitas feitas de um lado e de outro e constante contato via internet.

“O intercâmbio traz uma capacidade maior de nos colocarmos no lugar do outro, sermos mais flexíveis antes de afirmar que alguém está errado. E é por isso que participo do comitê Brasília do AFS até hoje. É uma oportunidade de oferecer para outros estudantes a mesma oportunidade que tive e continuar convivendo com intercambistas da minha época”, afirma a arquiteta.

Sobre o AFS:

Com sede em Nova Iorque, presente em mais de 50 países e 105 anos de existência, o AFS é a mais antiga organização de intercâmbios para jovens no mundo. O AFS Brasil existe desde 1956 e já enviou e recebeu cerca de 14 mil intercambistas, em parceria com cerca de 3 mil escolas. Hoje, conta com quase mil voluntários que formam uma rede de atuação em mais de 100 cidades do Brasil onde possibilitam a realização de programas e desenvolvem as atividades que apoiam as experiências interculturais de todos os envolvidos.


Deixe um comentário