Administrador de Itapoã explica vídeo polêmico

Num vídeo que circula no WhatsApp, o administrador do Itapoã Alessander Capalbo ostenta comendo ostras numa praia em Maceió. Em sua página no Facebook ele classificou o blog que divulgou as imagens de “maldoso, sem credibilidade e que solta notícias tendenciosas para extorquir pessoas”.

À reportagem, o ex-padre e seminarista afirmou que à época das filmagens ele não exercia nenhum cargo público e que estas foram suas primeiras férias em sete anos. Oficialmente, ele deixou a batina em 2013.

“O governador Ibaneis já me ligou e disse que eu ficasse tranquilo e seguisse minha vida”, respondeu, quando perguntado se o vídeo colocaria em risco sua escolha para cargo. “Eu tomei posse no dia 9. Voltei de viagem no dia 5”, explicou.

Capalbo foi candidato a distrital em 2014 pelo PMDB e obteve 4.413 votos. Durante a campanha do ano passado, usava a internet para chamar o presidente Jair Bolsonaro (PSL) de “fascista, separatista e desequilibrado”. Na segunda-feira (7), quando já havia recebido o convite do governador, compartilhou notícia sobre a exoneração da presidente do Ibama com legenda a “Vai cair tudo”, sugerindo que o novo mandatário da República acabará com a corrupção no País.

Deixe um comentário