A aliança de Robério Negreiros com o Padre Moacir

A festa de Pentecostes, liderada pelo Padre Moacir espera reunir, em maio, 3 milhões de pessoas no Taguaparque

O deputado Robério Negreiros (PSDB) terá um forte cabo eleitoral em outubro: o idealizador da festa de Pentecostes em Taguatinga, padre Moacir Anastácio. Em 11 de março de 2016, o tucano efetivou em seu gabinete a advogada Elisângela Martins, sobrinha do líder católico. Atualmente, ela está lotada na 2ª Secretaria da Câmara Legislativa, chefiada por Negreiros, com um cargo CL-10 e rendimento mensal de R$ 9.465,79.

A festa de Pentecostes acontecerá de 13 a 20 de maio, sendo que nos três últimos dias o palco será no Taguaparque. O coordenador-geral do evento, Wberthyer Araújo, estima que ano reunirá 3 milhões de pessoas. Mas garante que não tem apoio de nenhum político.

Elisângela Martins foi citada em um polêmico áudio, divulgado pelo portal Metrópoles em novembro de 2016, em que o ex-senador Gim Argello, preso na Operação Lava-Jato, tenta convencer a deputada Liliane Roriz (PTB) a empregar a advogada, sob o argumento de que a sobrinha “manda no Padre” e teria potencial de garantir até 5 mil votos dos fieis.

A sobrinha não é o único vínculo de Negreiros com o grupo do padre Moacir. O distrital é responsável pela indicação do administrador de Santa Maria, Hugo Gutemberg, cujo chefe de gabinete, Gilson Abreu, é outro coordenador do evento de Pentecostes.

Procurado pelo Brasília Capital, Negreiros se disse “católico desde o nascimento” e garantiu que “não mistura religião com política”. Mas considera “inegável que é muito importante a representatividade do segmento católico, que está sendo esquecido” diante do crescimento da chamada bancada evangélica.

“Sempre participo das ações do padre Moacir, mas não gosto de nada ostensivo. Tenho o padre como religioso que respeito muito, e também como um amigo. Para mim, é uma honra o apoio dele”, afirma Robério Negreiros.

Sobre Elisângela Martins, o deputado admite ser o responsável por sua indicação, mas que ela, hoje, serve ao gabinete da liderança do bloco partidário PSDB-PMDB-PPS. “O fato de ela ser parente do padre não vincula nada relativo a isso”, defende.

Fonte:

Deixe um comentário