Moradora acumula entulho há 10 anos, mas agora passa por acompanhamento psicológico para abandonar vício

 A Administração Regional de Taguatinga e a vigilância ambiental voltaram a retirar, 29,ontem, da casa de uma moradora da QSE 16, o lixo acumulado, e o serviço deve terminar só na quinta-feira (31) já que há muito entulho em todos os sete cômodos da residência.

“Acionamos a Secretaria de Saúde, após diversas operações, para que a responsável pelo acúmulo de lixo tivesse o apoio psicológico necessário para aceitar as ações. Hoje ela faz tratamento médico e psicológico no Caps (Centro de Atendimento Psicossocial)”, informou o administrador de Taguatinga, Carlos Jales.

Conhecida pelos vizinhos como a “Rainha do Lixo”, dona Benedita é aposentada e acumula entulho em casa há cerca de 10 anos. O GDF já realizou cinco operações para a retirada do lixo, sendo que a última ação aconteceu em julho.

O tratamento médico, psicológico e de terapia ocupacional com a acumuladora está sendo realizado há oito meses. Ela sofre da chamada “Síndrome de Diógenes”, caracterizada pela incapacidade de se desfazer dos objetos acumulados.

Cerca de 10 pessoas participam da operação e todo o lixo retirado da casa da dona Benedita está sendo separado para ser vendido a empresas de reciclagem.

Fonte:

Deixe um comentário