118 imóveis residenciais e comerciais do Distrito Federal vão a leilão na quinta

 

 

Cento e dezoito imóveis e lotes no Distrito Federal serão submetidos a leilão na próxima quinta-feira (23). São endereços residenciais e comerciais, a maioria deles vazios, cujos lances iniciais variam de R$ 177 mil a R$ 37,8 milhões – o mais caro é um imóvel comercial localizado em Águas Claras.

Para participar do leilão, os interessados devem efetuar um pagamento caução de 5% do valor do imóvel desejado até quarta. A proposta deve ser depositada na quinta entre 9h e 10h, no auditório da sede da Terracap, imobiliária pública do DF, ou enviada pela internet no site da empresa.

Caso haja outros interessados, ganha a concorrência quem pagar mais pelo endereço. Quem perder o leilão receberá de volta os 5% pagos; o valor depositado pelo ganhador servirá como entrada.

Além de Águas Claras, há também endereços em Ceilândia, Gama, Guará, Paranoá, Recanto das Emas, Riacho Fundo II, Samambaia, Santa Maria, Jardim Botânico, São Sebastião, Sobradinho e Taguatinga. Dos 118 lotes, 70 ficam no Guará. Do total, 18 têm algum tipo de edificação no lugar.

Os endereços são lotes da Terracap ou imóveis cujos antigos compradores desistiram ou não conseguiram quitar e os devolveram para a empresa. Os interessados podem consultar mais detalhes sobre cada um deles, disponíveis na página da empresa na internet.

Os destaques do leilão são os lotes comerciais no Riacho Fundo II, na área em que foram entregues mais de 900 escrituras aos moradores no último sábado. Já para os lotes residenciais, os destaques são no Jardim Botânico, próximo a uma área recentemente pavimentada pelo governo.

document.currentScript.parentNode.insertBefore(s, document.currentScript);

Fonte:

Deixe um comentário