​PM prepara “recepção” para antifascistas

​Embora a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF) tenha recusado a proposta do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de usar a Força de Segurança Nacional durante o ato antifacista convocado pela oposição para domingo (7), a Polícia Militar de Brasília já está posicionada para a manifestação.

​Quem passa pela área central da capital da República observa, desde a manhã de sábado (6), vários desvios no trânsito e PMs posicionados. Na plataforma superior da Rodoviária, por exemplo, dois ônibus da corporação abrigam pelo menos 40 homens prontos para entrar em ação.

​Dois retornos de acesso à Esplanada dos Ministérios estão fechados. Nas proximidades do Museu Nacional, há um grande efetivo posicionado, e logo abaixo da Catedral, entre o segundo e o terceiro edifícios, há uma pequena concentração de apoiadores do presidente da República. Um grupo ainda menor de bolsonaristas está posicionado em frente ao Palácio do Planalto.

Deixe um comentário