​Oposição convoca panelaço contra Bolsonaro

​Após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) confirmar que fará um pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão, nesta segunda-feira, às 20h, em comemoração ao 7 de Setembro, movimentos de oposição ao governo estão se mobilizando nas redes sociais para “saudar” a aparição do chefe da Nação com um ato batizado de #PanelaçoDaIndependencia.

O Presidente decidiu falar em rede para não deixar a comemoração dos 198 anos da independência do Brasil passar em branco, devido ao cancelamento do desfile na Esplanada dos Ministérios. Pela manhã, ele reuniu um grupo de ministros, parlamentares e militares no Palácio da Alvorada, numa cerimônia cívica ao ar livre, onde ele e o ministro da Defesa, Fernando Azevedo, discursaram. AEsquadrilha da Fumaça fez uma exibição no perímetro aéreo da residência oficial. 

Fontes do Palácio do Planalto adiantam que Bolsonaro deve fazer um discurso moderado, seguindo a linha recomendada pelos aliados do Centrão. No entanto, como o pronunciamento será ao vivo, alguns assessores temem que ele abandone o texto escrito e fale de improviso. “Aí, salve-se quem puder”, brinca um parlamentar da base governista. 

Ufanismo – A sugestão dos aliados é no sentido de Bolsonaro amplificar o discurso ufanista, reforçando a ideia de que ninguém enfrentou melhor a crise sanitária do novo coronavírus do que ele. O fato de o Brasil já registrar mais de 126 mil mortes na pandemia e contar mais de 4,1 milhões de infectados, não tira do Presidente a convicção de ele tomou as decisões corretas, até aqui.

Há um mês, Bolsonaro organizou oevento “Brasil vencendo a covid-19”, no Planalto, onde, ao lado de alguns médicos, defendeu o uso da hidroxicloroquina no tratamento contra a doença, remédio que não tem comprovação científica de sua eficácia.

“Desde o começo (da pandemia),assumi posição ímpar, não só dentro do Brasil, mas como chefe de Estado no mundo todo. Não vi um chefe de Estado tomar uma decisão como a minha”, comentou, na quinta-feira (3), ao participar da cerimônia de apresentação dos projetos de pontes nos municípios paulistas de Pariquera-Açú e Eldorado.

O presidente também aposta que, graças às ações adotadas pelo Executivo, a economia nacional voltará ao normal rapidamente. Esse sentimento acabou influenciando a campanha publicitária da “Semana Brasil 2020”, criada para estimular as vendas no período em que se comemora o Dia da Independência. O lema é: “Vamos em frente, com cuidado e confiança”.

Deixe um comentário