União contra o tráfico de drogas

Autoridades do Brasil, da Bolívia e do Peru vão reforçar o esquema de segurança nas áreas de fronteira como tentativa de impedir o tráfico de drogas na região. A Bolívia tem uma fronteira de 1.131 quilômetros com o Peru, por meio dos Andes e da Amazônia, e 3.133 quilômetros com o Brasil, na região amazônica.

O ministro do Interior da Bolívia, Carlos Romero, destacou que a rota que passa pelos territórios boliviano, brasileiro e peruano é uma das principais rumo à Europa. Segundo Romero, 1% da droga que entra no Brasil é produzida na Bolívia, o restante é procedente da Colômbia e do Peru.

O ministro ressaltou que, em 2012, foram apreendidas 33 toneladas de cocaína e 382 toneladas de maconha em 12 mil operações policiais. Nas ações, 3.370 pessoas foram detidas, das quais 3.366 bolivianas, 99 peruanas, 79 colombianas, 60 brasileiras, 38 espanholas e as demais de várias nacionalidades.

Fonte:

Deixe um comentário