Um brasileiro campeão volta pra casa

 

Marcos Oliveira, conhecido como Marcos Santa Cruz por ser dessa região do Rio de Janeiro, vem ao Brasil para as Olimpíadas

IMG-20160720-WA0012

4 marcos

O campeão de MMA e Jiu-Jitsu Marcos Santa Cruz vem ao Brasil durante as Olimpíadas representando Guam, um território norte-americano na Micronésia, localizado na extremidade sul das Ilhas Marianas, no oeste do Oceano Pacífico, onde ele morou e desenvolveu um projeto esportivo.    O convite foi feito pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) para que Marcos fizesse parte da delegação como Olympic Family Assistent, recebendo e convivendo com os presidentes dos comitês olímpicos e seus familiares.

Marcos “Santa Cruz” Oliveira vive em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, com a mulher e também lutadora, Caroline De Lazzer, e dois filhos.  Além de defender o país em competições esportivas, o casal é patrocinado pelo do Sheik H.H. Shaikh Tahnoon Bin Zayed Al Nahyan, que mantém equipes esportivas sob a orientação de Santa Cruz. Sobre a vinda ao país onde nasceu para participar dos jogos olímpicos, o lutador diz que “é uma grande honra ter sido convidado  para um cargo de responsabilidade desse nível”. Segundo ele, “o convite veio por toda minha história com o Comitê Olímpico Brasileiro (COB), pois fui, por muitos anos, atleta da seleção brasileira, e por minha conduta como atleta e representante do Brasil no exterior, onde comecei a conviver com membros de federações internacionais”. Para o atleta, “esses foram alguns dos critérios para minha escolha”.

IMG-20160720-WA0011

A história de Santa Cruz começou quando ele, ainda menino, participava de escolinhas de esportes. Com esforço e dedicação, passou a integrar a seleção brasileira e conquistou, em Brasília, o último título pelo País, no Campeonato Sul-Americano, em 2008. A partir daí, começou sua carreira profissional. Foi para os Estados Unidos e, em 2009, participou de uma seletiva, conquistou a vaga e o direito de integrar a seleção norte-americana. Após os resultados das competições, recebeu e aceitou o convite para morar e lutar profissionalmente em Abu Dhabi, onde o governo dos Emirados Árabes Unidos criou o primeiro campeonato profissional de Jiu-Jitsu.

carol-marcao
Marcos “Santa Cruz” Oliveira e a esposa, também campeã, Caroline De Lazzer

Desde a mudança, representa o país em competições locais e internacionais de Jiu-Jitsu e MMA. Em sete anos, conquistou cinco títulos mundiais como atleta. Em 2015, levou o título mundial por equipes. “Viver aqui tem sido uma experiência única. Estou podendo aprender uma cultura muito diferente e aprendendo a respeitar diferentes atitudes. Tudo isso me permite ter uma visão mais ampla da religião, um fator que é muito importante, não só aqui, como em todo middle east (Oriente Médio) e mundo árabe”, afirma. 

Santa Cruz finaliza ressaltando: “o fator que mais me emociona  é que, quanto mais eu viajo, mais vejo que temos o melhor país do mundo, com muitas riquezas naturais e um povo batalhador. Mas a falta de investimentos em educação e essa crise de valores acabam destruindo nossa Nação”.

Fonte:

Deixe uma resposta