Uber diz que lei aprovada pela Câmara tenta transformá-la em táxi

Uber diz que lei aprovada pela Câmara tenta transformá-la em táxi. Foto: Fotos Públicas

 

Após a aprovação do projeto de Lei que pode restringir sua atuação no Brasil, a Uber afirmou que o o PL 5587/16 é uma lei “retrógrada” e que “não regular a Uber no Brasil, mas tenta transformá-la em táxi, proibindo entāo este modelo de mobilidade”.

O projeto do deputado Carlos Zarattini (PT-SP) propõe que cada prefeitura regule o Uber da maneira que lhe for conveniente. Para Zarattini, que é líder do PT, manter os aplicativos como Uber e Cabify como um serviço privado tiraria o poder de regulamentação das prefeituras.

A proposta agora segue para o Senado Federal, onde a Uber acredita que haverá um debate mais amplo e o “direito de escolha” do brasileiro será assegurado.

Leia a íntegra da nota da Uber:

“É importante frisar que o PL 5587/16 propõe uma lei retrógrada que não regula a Uber no Brasil, mas tenta transformá-la em táxi, proibindo entāo este modelo de mobilidade. O PL segue agora para o Senado Federal, onde o debate sobre a tecnologia deve continuar, garantindo que seja ouvida a voz de milhões de pessoas no Brasil que desejam ter seu direito de escolha assegurado”.

Deixe uma resposta