Turcos manifestam contra o governo

Pelo sexto dia consecutivo, manifestantes ocuparam hoje (6) as principais avenidas de várias cidades na Turquia. Os protestos contra o governo e em decorrência da ocupação de uma área em Istambul começaram no último dia 31. As manifestações foram reprimidas pelas forças policiais, deixando pelo menos três mortos e mais de 4 mil feridos.

Os protestos de hoje coincidem com o retorno ao país do primeiro-ministro, Recep Tayyip Erdogan, alvo das críticas dos manifestantes. Até o começo da semana, Erdogan estava no Magreb (África). As manifestações, convocadas por entidades sindicais, ocorreram ontem (5) sem incidentes, segundo as autoridades.

Em comunicado, as entidades sindicais exigem mudanças no governo, que é acusado de autoritarismo. Os manifestantes também querem o fim do uso de gás de pimenta para reprimir os protestos e uma investigação dos excessos cometido por policiais.

Renata Giraldi*
Repórter da Agência Brasil

*Com informações da emissora multiestatal de televisão, Telesur

Fonte:

Deixe um comentário