Tribunal confirma legalidade da lei Jeton

A remuneração dos ministro de estado por participação em Conselhos de Administração Pública (JETON) é legal conforme o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4). Os pagamentos foram questionados pelo procurador federal Marcelo Roberto Zeni, que pretendia cancelar as verbas pagas por 13 estatais e binacionais a 11 ministros. Entre os citados, estavam Celso Amorim, Guido Mantega e Miriam Belchior. 
Fonte: Giro 15 – Estadão/ESPN

Ao pé do rádio.

Deixe um comentário