Taguatinga terá 188 vagas do Sisutec

Nos mesmos moldes do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), criado em 2011 com o objetivo de ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica, o governo federal lançou na segunda-feira (5), o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec).

Participam do programa instituições públicas, privadas e do sistema S. No DF, 8 mil vagas serão ofertadas na primeira fase do programa. Em Taguatinga, as aulas serão ministradas no Senai da QNF e no Senac da QNG. No total, as unidades das instituições do Sistema S da cidade estão oferecendo 188 vagas, nos cursos técnicos de Eletrotécnica, Rede de Computadores, Informática, Nutrição e Dietética.

O programa financia o curso dos candidatos aprovados. A seleção dos alunos será feita de acordo com a nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Nessa seleção será usada a nota do Enem 2012. Do total de vagas, 85% são destinadas aos candidatos que cursaram o ensino médio na rede pública, ou na rede privada na condição de bolsista integral.

Os cursos têm de um a dois anos de duração, com carga horária entre 800 e 1.200 horas-aula. As inscrições podem ser feitas pelo site http://www.sisutec.mec.gov.br até segunda-feira (12 de agosto). O resultado da primeira chamada será divulgado na quarta (14), com matrículas nos dias 15 e 16.

Cotas raciais e sociais

As cotas raciais do Sisutec estão atreladas à rede de ensino onde o candidato terminou o ensino médio, segundo o edital. Nas instituições federais, nas vagas destinadas a negros, pardos e indígenas, será reservado um percentual correspondente à porcentagem da população preta, parda e indígena na Unidade Federativa do município onde a vaga é oferecida, segundo o Censo mais recente. Por exemplo, em um município onde há 100 pessoas, e cinco são negras, pardas ou indígenas, caso haja 20 vagas para um determinado curso, quatro delas serão destinadas às cotas.

Legenda: Cursos técnicos de informática têm 23.292 vagas em todo o Brasil

Deixe um comentário