Suíça deve apresentar em breve ação contra Paulo Maluf

Procurador-geral diz que investigação está em fase final. Defesa diz desconhecer existência de novo processo contra o ex-prefeito no país europeu

O deputado Paulo Maluf: gasto de 2.500 reais da verba indenizatória com telefonemas em pleno recesso parlamentar

Maluf pode ter que devolver mais dinheiro aos cofres públicos do Brasil (Janine Moraes/Agência Câmara)
O procurador-geral da Suíça, Michael Lauber, afirmou que as investigações sobre contas no país europeu ligadas a Paulo Maluf (PP) estão em sua fase final. Segundo Lauber, uma ação contra o ex-prefeito de São Paulo e hoje deputado federal será apresentada em breve. A medida poderá resultar numa ordem de devolução do dinheiro aos cofres brasileiros, assim como ocorreu com o caso Jersey.
Foram os suíços que, em 2000, alertaram a Justiça brasileira sobre movimentações financeiras envolvendo o nome de Maluf e o fato de o político ter transferido parte do dinheiro para as ilhas Jersey, um paraíso fiscal no Canal da Mancha. As contas que permanecem abertas, segundo o procurador, estão congeladas – todas elas ligadas a Lígia Maluf, filha do ex-prefeito. Em uma delas, na cidade de Lausanne, o bloqueio chega a sete milhões de dólares. Ao todo, há 13 milhões de dólares bloqueados.
Fonte: Veja Online
Extratos dos Jornais

Deixe um comentário