SLU reconhece esforço de blocos de carnaval pela limpeza de ruas

O Bloco Santo Pecado foi um dos agraciados. A apresentação ocorreu no sábado de carnaval na Orla da Ponte JK. Foto: Henrique François

Representantes de 13 blocos de carnaval de Brasília receberam o certificado Bloco Brasília Limpa. A homenagem do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) é recompensa pelo esforço de manter os espaços públicos limpos durante a folia. A cerimônia aconteceu no Salão Nobre do Palácio do Buriti, na manhã desta quinta-feira.

Um dos homenageados foi o Bloco Santo Pecado, que embalou o sábado de carnaval na Ponte JK tocando samba-reggae. O integrante Tiago Paiva reiterou que a conquista tem que ser dividida com os foliões e é um incentivo para outros blocos.

“Sempre pedimos em nossos eventos de rua para que as pessoas colaborem com a limpeza. Foi uma grande surpresa para nós [esse certificado]. Ano que vem estaremos ainda mais empenhados nessa causa”, disse Tiago.

O Bloco Santo Pecado foi umas das atrações da festa Carnaval no Parque, destacada como exemplo no trabalho de coleta, triagem e destinação final do lixo. Para o serviço, contratou a cooperativa Associação dos Catadores e Recicladores de Resíduos Sólidos de Brazlândia (Acobraz).

Valor

Ao fazer a entrega, o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, destacou o valor dos blocos. “A cada ano, o carnaval de rua da cidade fica mais bonito e animado com uma adesão grande de pessoas, que começam a vir de fora para curtir nossa variedade enorme de ritmos”, disse.

A presidente do SLU, Heliana Kátia, também participou da homenagem. “Nosso objetivo é envolver todos os blocos nessa campanha. Temos visto um crescimento exponencial a cada ano”, observou.

Os homenageados foram:

Boa Vizinhança, Carnapati, Carnaval no Parque, Eduardo e Mônica, Encosta que Cresce, Escola de Samba Lourdes do Areal e Águas Claras, Galinho de Brasília, Filhos de São Jorge, Multiplicidade Ir e Vir, Pauta na Rua, Ressaca Percussiva Patubatê, Santo Pecado e Bloco do Seu Júlio.

Com informações da Agência Brasília

Fonte:

Deixe uma resposta