Servidores terão reajuste salarial

Servidores da carreira pública de Assistência Social receberão aumento salarial a partir de 1º de novembro deste ano. O projeto de lei, que prevê o pagamento gradual, em três parcelas de 10%, até 2015, foi sancionado ontem (23) e beneficiará cerca de 5 mil trabalhadores.

“Essa ação não se trata de um aumento pontual, mas da reestruturação de uma carreira, para que haja o crescimento dos profissionais e dê a consistência de uma carreira de estado. A Assistência Social é uma das áreas prioritárias do nosso governo”, frisou o governador Agnelo Queiroz.

A lei assinada pelo chefe do Executivo local altera a denominação da Gratificação por Atividade em Serviço Social (Gass) para Gratificação em Políticas Sociais (GPS). Com isso, o GDF também modifica a forma de concessão da GPS e da Gratificação por Atividade de Risco (GAR).

A nova redação possibilita o ganho de gratificação para os servidores que estão lotados e em atuação nos Conselhos Tutelares, incorpora a Parcela Individual Fixa e parte da Gratificação de Desempenho Social e estabelece como administrador o Órgão Central de Gestão de Pessoas.

O texto extingue, no entanto, a Gratificação por Atividade com Adolescente em Restrição de Liberdade.

“Celebramos hoje um avanço importante nas carreiras do GDF. Nesse ano, avançamos muito no processo de recuperação das categorias e queremos continuar trabalhando para que os servidores tenham melhores condições”, disse o secretário de Administração Pública, Wilmar Lacerda.

O processo de recuperação de carreiras do GDF beneficiará 22 áreas de governo e mais de 60 mil servidores.

Serão investidos R$184,9 milhões este ano, R$ 699 milhões em 2014 e R$ 1,2 milhão em 2015. No total, o valor das reestruturações chega a R$ 1,2 bilhão.

 

Fonte:

Deixe um comentário