Serra ganha indenização por danos morais

O ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB) ganhou na Justiça uma indenização de R$ 1 mil pela publicação do livro A Privataria Tucana, do jornalista Amaury Ribeiro Júnior. A obra, lançada em 2010, apresenta documentos que comprovariam a prática de lavagem de dinheiro e pagamento de propina na gestão tucana, com enfoque em José Serra, que era ministro do Planejamento na época e foi citado como um dos supostos beneficiários de esquema. O autor do livro e a editora Geração Editorial foram condenados, segundo informações da colunista Monica Bergamo no jornal Folha de S. Paulo.
O juiz André Pasquale Scavone, da 10ª Vara Cível de São Paulo, acatou a ação indenizatória movida pelo PSDB, mas afirmou na decisão que “não é este o juízo que vai dizer se os fatos narrados são ou não verdadeiros”. O magistrado, no entanto, disse que é clara “a intenção dos réus de atingir a imagem de Serra” e classificou a publicação do livro como “oportunismo eleitoral”. 
Fonte: Portal Terra
Sites e Blogs

Deixe um comentário