Senado anuncia novos cortes para economizar R$ 26 mi

Plenário do Senado Federal em Brasília

Promessa da Presidência da Casa é economizar 288 milhões em dois anos (Sergio Lima/Folha Imagem)
A Mesa Diretora do Senado anunciou nesta quarta-feira novas medidas administrativas que, segundo a Presidência da Casa, vão gerar uma economia de 26 milhões de reais aos cofres públicos. Os cortes vão atingir contratos da gráfica, da polícia do Senado, do programa Interlegis (criado para a integração do Poder Legislativo em seus diferentes níveis e com a sociedade) e do Prodasen (que atua na tecnologia da informação e comunicações do Senado).
O principal corte será no Interlegis, que deve ter a compra de novos equipamentos para armazenamento de dados e a distribuição de kits de informática às Câmaras Municipais canceladas, o que poderá economizar 7 milhões de reais. Estão previstas, ainda, uma redução no contrato de mão de obra, e de 50% na tiragem de obras do Conselho Editorial. O contrato dos vigilantes, vinculados à Polícia do Senado, deve ser reduzido em 32%. No Prodasen, a redução anunciada é na Central de Atendimento.
Segundo a Presidência, esse valor vai se somar aos 262 milhões de reais que o presidente Renan Calheiros anunciou que economizaria com reforma administrativa na Casa. Dessa forma, o Senado passará a economizar, nos próximos dois anos, 288 milhões.
Fonte: Veja Online
Sites e Blogs

Deixe um comentário