Sem reajuste

Foto Antonio Sabino. Jornal Brasília Capital
Foto Antonio Sabino. Jornal Brasília Capital

As 32 categorias de servidores do GDF não receberão o reajuste acordado no final de 2015. Em pronunciamento na sexta-feira (14), o governador Rodrigo Rollemberg confirmou que não concederá o aumento por não ter como pagar. Alegou um rombo de R$ 1,4 bilhão e um acréscimo de R$ 900 milhões, caso cumprisse a promessa feita no ano passado.

Equilíbrio

“Não vou quebrar Brasília”. Rollemberg citou a queda nos repasses da União (R$ 1 bi) e nos repasses dos Fundos Constitucional, de Participação dos Estados e dos Municípios, além de não ter conseguido aumentar as vendas de imóveis da Terracap.

Greve geral

Três horas após o pronunciamento do governador, a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e diversos sindicatos fizeram uma manifestação na Praça do Buriti para exigir o cumprimento do acordo firmado em 2014 com o então governador Agnelo Queiroz (PT). A sinalização é de deflagração de uma greve geral no DF ainda este mês.

Fonte:

Deixe um comentário