Sandro Mabel aciona STF para anular eleição na Câmara

Segundo o parlamentar goiano, a vitória só foi possível após manobra política que resultou na posse dos deputados Marcelo Guimarães Filho (PMDB-BA) e Leomar Quintanilha (PMDB-TO)

%u201CAmbos deputados titulares, pertencentes a outros partidos, se afastaram para viabilizar a posse dos suplentes pela primeira vez nesta legislatura%u201D, argumentou Sandro Mabel (Gustavo Moreno/CB/D.A Press)
Ambos deputados titulares, pertencentes a outros partidos, se afastaram para viabilizar a posse dos suplentes pela primeira vez nesta legislatura%u201D, argumentou Sandro Mabel

O deputado federal Sandro Mabel (PMDB-GO) entrou com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo a anulação da eleição do também deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para a liderança do PMDB no Congresso Nacional. Segundo Mabel, a eleição foi irregular porque teve a participação de dois deputados empossados ilegalmente.

A eleição para líder do PMDB ocorreu no último domingo (3), com vitória de Cunha após votação em dois turnos, derrotando Mabel e o deputado Osmar Terra (PMDB-RS). Segundo o parlamentar goiano, a vitória só foi possível após manobra política que resultou na posse dos deputados Marcelo Guimarães Filho (PMDB-BA) e Leomar Quintanilha (PMDB-TO).
Fonte: Correio Braziliense
Extratos dos Jornais

Deixe um comentário