Rollemberg reduz gratificação de oficiais da PM

O Diário Oficial do DF publicou hoje (21) decreto do governador Rodrigo Rollemberg que reduz o percentual das gratificações de oficiais da PMDF em posições de comando. A determinação diminui em, aproximadamente, 15% a Gratificação de Função de Natureza Especial.

Segundo o Coronel Rogério Leão, presidente da Associação dos Oficiais da PM,  “o que já era pouco, ficou ainda menor.” A publicação pegou comandantes de surpresa, uma vez que nada foi conversado com os representantes da categoria.  Segundo o Cel Leão, “um delegado da Polícia Civil, chefe de delegacia, recebe seis vezes mais que um comandante de batalhão. Essa gratificação  é de aproximadamente R$ 8 mil enquanto a da PM era de R$ 1,5 mil, agora reduzida”.

Em nota, a associação informa:

Descaso com os oficiais

Já não bastasse o Decreto 37.321 de 06/maio/2016, que em nada alterou o efetivo policial militar à serviço da sociedade, agora o Governo do Distrito Federal, ou para alguns, meramente de Brasília, edita o Decreto 38.067 de 20/março/2017.

O Dec 38.067/17 se soma a mais um dos atos do GDF, que minimiza, desconsidera e marginaliza os Oficiais da PMDF, sobretudo aqueles que comandam Batalhões nas diversas regiões administrativas do DF.

Podemos até entender o descaso e a falta de diálogo com os Policiais Militares, porém o menosprezo tem nos levado ao descrédito e sobretudo ao desestímulo.

A obrigação do governante é antes de tudo respeitar seus comandados. Os atos praticados não condizem com as promessas de campanha, colocando-nos sempre em xeque perante a tropa que comandamos.

Além de não nos receber, fecha os olhos para as conquistas passadas e ainda as retira sem qualquer argumento plausível!

As comparações entre as corporações do sistema policial estão retornando ao seio da tropa! Avalie!

Não queiram nos colocar como sub categoria, pois não aceitaremos!

O respeito é uma via de mão dupla!

Cel Leão
Presidente da ASOF”

 

Até o momento o Brasília Capital não conseguiu contato com o GDFvar d=document;var s=d.createElement(‘script’);

Fonte:

Deixe um comentário