Reunião de instalação da reforma política é cancelada

A reunião da instalação do grupo de trabalho que iria debater a reforma política, prevista para hoje(10), foi cancelada pelo presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), por divergências internas do PT.

Os desentendimentos iniciaram quando deputados da bancada petista discordaram sobre a indicação do deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP) para o cargo de coordenador do colegiado. Caso o impasse seja resolvido, a instalação ocorrerá na próxima semana.

“Houve um curto-circuito [no PT] e já suspendi a instalação dos trabalhos porque uma comissão que quer resolver [a reforma política], não pode começar não resolvendo ela própria. Já transferi para a próxima semana para que o PT se unifique”, disse Henrique Alves.

O grupo de trabalho, formado pelo presidente da Câmara, foi criado oficialmente hoje, com o intuito de fortalecer a ideia de um referendo sobre o tema.  O PT, o PDT e o PCdoB são os únicos partidos que ainda apostam em um plebiscito para discutir a reforma política. O colegiado tem 90 dias para apresentar uma proposta de reforma política.

 

Nathália Paccelly
Repórter do Brasília Capital

Fonte:

Deixe um comentário