Renan Calheiros é eleito presidente do Senado

Senador do PMDB derrotou com facilidade o novato Pedro Taques (PDT-MT) e volta ao cargo que teve de renunciar em 2007 para salvar seu mandato

Laryssa Borges, Marcela Mattos e Gabriel Castro, de Brasília
Renan Calheiros, senador (PMDB-AL)

Mais de cinco anos depois de renunciar o cargo, Renan Calheiros volta à presidência do Senado (Minervino Junior/Agência BG Press)
O Senado Federal confirmou nesta sexta-feira sua disposição em manter o velho histórico de corporativismo e elegeu o alagoano Renan Calheiros, do PMDB, para presidir a Casa nos próximos dois anos. Ele derrotou com facilidade o novato Pedro Taques (PDT-MT), por 56 votos a 18. Houve dois votos em branco e duas abstenções.
Taques havia recebido o apoio de partidos cujas bancadas lhe garantiriam pelo menos 26 votos. Com votação secreta e o já previsível índice de traições entre senadores, acabou não confirmando o apoio unânime de PSDB, DEM, PSB, PSOL e PDT, partidos que lhe haviam prometido fidelidade.
Fonte: Veja Online
Extratos dos Jornais

Deixe um comentário