Protestos no Egito

Às vésperas do protesto organizado para domingo (30) no Cairo, capital do Egito, contra o governo do presidente Mouhamed Mursi, uma pessoa morreu e pelo menos 30 ficaram feridas em uma manifestação no interior do país. O Ministério da Saúde do Egito informou que houve confrontos entre policiais e manifestantes em Sharqiya, no Norte do país, provocando a morte e os feridos.

Os confrontos no Egito ocorrem em clima de tensão e são organizados por militantes políticos e movimentos sociais. Para a oposição, Mursi quer centralizar o poder sob seu comando. De acordo com relatos, os manifestantes e os policiais se enfrentaram em frente à sede do Partido da Liberdade e Justiça (PLJ), braço político da Irmandade Muçulmana. O PLJ informou que o morto era filiado ao partido. Anteontem (26) uma pessoa morreu e 237 ficaram feridas em confrontos, em Mansura, no Norte do país.

Renata Giraldi*
Repórter da Agência Brasil

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa

Fonte:

Deixe um comentário