Professora é espancada dentro de casa no Guará

Violência teria ocorrido na noite do dia 17 deste mês, na QE 34 do Guará (Arquivo Pessoal)Uma professora acusa o pai da ex-namorada do filho dela, 21 anos, além da mulher e uma filha de agredi-la com socos e chutes, além de xingamentos. A violência teria sido praticada na noite do dia 17 deste mês, na QE 34 do Guará. Angélica Machado de Mendonça Cavalcante, 40 anos, afirma ter desmaiado após o primeiro golpe. Mesmo caída, ela conta que o suposto agressor continuou a chutá-la. O motivo seria um relacionamento entre o filho da vítima e a do acusado, que não aceitava o romance. O caso foi registrado na 4ª Delegacia de Polícia (Guará) e Angélica pretende entrar com um processo na Justiça ainda esta semana.

Segundo Angélica, o homem identificado como Ednaldo Brito a chamou pelo interfone da casa dela para entregar os pertences do ex-namorado. “Quando abri o portão, ele me deu um soco e começou a me chutar. Vivi uma coisa que nunca imaginei passar”, disse. Angélica disse que o filho começou a namorar a menina no ano passado, mas o pai ligava ameaçando, dizendo que era para ele se afastar da jovem. 


Fonte: Correio Braziliense

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário