Presidente interino assume o poder

O presidente nomeado pelas Forças Armadas do Egito, Adly Mansour, de 67 anos, tomou posse hoje (4) e prestou juramento diante da  Suprema Corte Constitucional, que comandava até ontem. Mansour ficará interinamente no poder até que sejam realizadas eleições presidenciais, segundo as Forças Armadas. O interino substitui o presidente deposto Mouhamed Mursi.

A nomeação de Mansour foi anunciada pelo ministro da Defesa, Abdel Fattah Al Sisi, nessa quarta-feira. Mansour foi nomeado interino apenas dois dias após assumir a presidência da Suprema Corte do Egito.

Mansour era vice-presidente da Suprema Corte desde 1992 e foi encarregado de redigir a lei de supervisão para as eleições presidenciais, que ocorreram no ano passado e nas quais Mursi foi vitorioso. Nascido no Cairo, a capital egípcia, ele é formado em direito e fez pós-graduação em legislação geral e ciência administrativa. Estudou em Paris de 1975 a 1977.

Antes de assumir funções na Corte Suprema, Mansour fez parte do Conselho de Estado do Egito, em 1984, assumindo inclusive a presidência do órgão. Ele é casado e tem três filhos. Assume interinamente o poder com o apoio das Forças Armadas e de diferentes segmentos da oposição.

Os militares que destituíram Mursi ontem não informaram, por enquanto, quando ocorrerão as eleições presidenciais. O presidente deposto é mantido detido, juntamente com colaboradores, sob a supervisão dos militares.

Renata Giraldi*
Repórter da Agência Brasil

*Com informações da agência pública de notícias da China, Xinhua

Fonte:

Deixe um comentário