Planetário passará a oferecer sete sessões diárias

A partir da  terça-feira (25), a quantidade de sessões por semana na cúpula de projeção do Planetário de Brasília aumentará de 26 para 42. Com isso, o espaço passará a funcionar em todas as manhãs de sábado e domingo e oferecerá sete programas diariamente, exceto nas segundas-feiras, quando ficará fechado para manutenção.
“O Planetário, desde sua reabertura, já recebeu mais de 25 mil visitas. É um público muito heterogêneo, que tem expectativas distintas, então, a nossa proposta é conseguir aumentar a oferta de horários e diversidade da programação”, destacou o Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), Glauco Rojas.
Segundo ele, o número de sessões nos finais de semana mais que dobrará, pois eram oferecidos apenas três programas em cada sábado e domingo, dias em que não há visitas agendadas. Já nos dias úteis, quando eram abertas apenas cinco visitas no total, o novo cronograma garantirá ao público cinco sessões agendadas e duas abertas aos visitantes em geral.
“O aumento do número de sessões agendadas, durante a semana, é para apoiar a vocação pedagógica junto as escolas. Existe uma demanda muito grande das instituições de ensino e nos propusemos a atendê-la, ou seja, o Planetário também é uma sala de aula interativa”, complementou Rojas.
Segundo ele, a ideia é que o local também seja utilizado pelas escolas públicas que funcionam em tempo integral. Porém, no período de férias escolares, a ideia é que não sejam promovidos agendamentos, da mesma forma que já que ocorre aos finais de semana.

 

PROGRAMAÇÃO – A cúpula de projeção irá oferecer sessões com o filme Dois Pedacinhos de Vidro (Two Small Pieces of Glass). Com 22 minutos de duração, esse filme apresenta conceitos astronômicos a partir da visão de duas crianças.

 

Além disso, o planetário irá proporcionar sessões especiais nos finais de semana com o Space Master, equipamento histórico da década de 1970, e com o Uniview, programa de imagens astronômicas do segundo equipamento de projeção do Planetário, o Power Dome VIII.

 

Imagens da Estação Espacial Internacional em tempo real – Pela primeira vez em um planetário brasileiro, serão oferecidas imagens diretamente em tempo real da Estação Espacial Internacional (ISS), fornecidas pela Agência Espacial Americana (Nasa). O público poderá acompanhar o dia a dia dos astronautas na estação e imagens externas mostrando a Terra.
Exposição do ESO – A exposição Universo Incrível mostrará fotografias em alta definição do Observatório de Paranal, no norte do Chile, algumas nebulosas, além de outros objetos astronômicos. O objetivo da exposição é aproximar o público do conhecimento científico gerado pelo Observatório Europeu do Sul (ESO), uma organização intergovernamental focada na pesquisa astronômica.
A exposição é composta de 23 painéis. O material foi selecionado pelo Clube de Astronomia de Brasília (CAsB) e pela consultora técnica-científica, Patrícia Amaral.
SERVIÇO

Funcionamento da cúpula de projeção

Bilheteria: Distribuição dos ingressos começa às 8h e termina junto com a última sessão do respectivo dia.

Ingressos: A entrada no prédio é franca. Para as sessões abertas ao público na cúpula de projeção, será cobrada taxa por pessoa. O valor atualizado pode ser consultado na bilheteria, no site ou pelo telefone (61) 3361-6810. Os agendamentos para escolas e instituições são feitos digitalmente neste link.

 

Confira o horário das sessões e sinopse do filme em cartaz:

Horários das sessões:

– De terça-feira a sexta-feira

Sessões abertas ao público: 17h30 e 19h.

Sessões agendadas pelas escolas/instituições: 9h30, 11h, 14h30, 15h45 e 20h30.
– De sábado a domingo:

Sessões abertas ao público: 10h, 11h, 13h, 14h30, 16h, 17h30 e 19h.

 

– Feriados, dias de ponto facultativo e férias:

Nestas datas, o Planetário irá funcionar conforme programações especiais. Cada uma delas será divulgada ao público pelo site da SECTI/DF.

 

Filme em cartaz: Dois Pedacinhos de Vidro (Two Small Pieces of Glass)

Duração: 22 minutos

Sinopse: Ao participar de uma noite de observação das estrelas, dois estudantes adolescentes aprendem como o telescópio nos ajudou a entender nosso lugar no espaço e como telescópios continuam expandindo nossa compreensão do universo. A conversa com uma astrônoma do local os faz entender a história do telescópio e as descobertas que essas maravilhosas ferramentas têm feito. Os estudantes aprendem como os telescópios funcionam e como os maiores observatórios do mundo usam esses instrumentos para explorar os mistérios do universo. Ao olhar pelo telescópio da astrônoma, os estudantes, junto com a plateia do planetário, exploram as luas galileanas, os anéis de Saturno e a estrutura espiral de galáxias. Durante sua conversa com a astrônoma, eles também aprendem sobre as descobertas de Galileu, Huygens, Newton, Hubble e muitos outros.

Fonte:

Deixe um comentário