Onda de atentados mata 40 pessoas

Pelo menos 40 pessoas morreram e 190 ficaram feridas hoje (29) em uma onda de 16 atentados terroristas coordenados no Iraque, perpetrados com carros-bomba, disseram fontes policiais e médicas. A maioria dos atentados, que começaram às 7h (horário local), visou à comunidade xiita do país.

Em Bagdá, capital do país, dez carros-bomba explodiram em oito bairros diferentes, causando cerca de 30 mortos e mais de 130 feridos. Pelo menos seis bairros são de maioria xiita.

Um outro carro-bomba explodiu em Mahmudiya, a 30 quilômetros ao sul da capital, matando duas pessoas e ferindo 25.

Dois carros-bomba explodiram no centro de Kut, cidade de maioria xiita, a 160 quilômetros ao Sul de Bagdá, deixando pelo menos cinco mortos e 35 feridos.

Ainda ao sul da capital iraquiana, dois atentados com carros-bomba foram registados em Samawa, uma outra cidade de maioria xiita, a 280 quilômetros de Bagdá. Pelo menos duas pessoas morreram e dezenas ficaram feridas.

Carro-bomba explodiu em Bassorá, cidade portuária no sul do país, também de maioria xiita, deixando um morto e seis feridos.

Ao todo, mais de 760 pessoas foram mortas em atos violentos desde o início de julho e mais de 3 mil desde o início do ano. Grupos ligados à rede terrorista Al-Qaeda parecem ser, em grande parte, os responsáveis pelos recentes atentados, provavelmente numa tentativa de relançar a guerra civil no Iraque, de acordo com observadores.

Fonte:

Deixe um comentário