Obama leva Turquia e Israel

Barack Obama deposita coroa de flores no Memorial do Holocausto Yad Vashem, em Jerusalém: americano nega que o Estado de Israel exista por causa do genocídio de judeus (Jaseon Reed/Reuters)
Barack Obama deposita coroa de flores no Memorial do Holocausto Yad Vashem, em Jerusalém: americano nega que o Estado de Israel exista por causa do genocídio de judeus

 No último dia de visitas ao Oriente Médio, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, promoveu um gesto de reconciliação entre Israel e Turquia, parceiros estratégicos da região. Ontem, a Casa Branca anunciou que o premiê israelense, Benjamin Netanyahu, pediu desculpas ao colega Recep Tayyip Erdogan pela morte de nove turcos que transportavam ajuda humanitária à Faixa de Gaza, em 2010. 


O evento abalou as relações entre os dois países. “Estou esperançoso de que a troca de hoje (ontem) entre os dois líderes lhes permitirá participar de uma cooperação mais profunda sobre esta e uma série de outros desafios e oportunidades”, declarou Obama, em comunicado.

O governo israelense confirmou o pedido de desculpas e prometeu pagar indenizações à Turquia.

Fonte: Correio Braziliense

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário