O Brasil perde um grande ídolo

Morreu terça-feira (23), em Uberaba (MG), aos 84 anos, o ex-lateral direito da Seleção Brasileira, Djalma Santos. O craque brilhou com a Amarelinha em quatro Copas do Mundo (1954, 58, 62 e 66). Em 58 e 62, sagrou-se campeão. Djalma Santos modernizou sua posição e foi considerado um dos maiores jogadores do setor, já que o avanço de um lateral para cumprir funções ofensivas era pouco visto na época. Jogou em apenas três clubes durante toda a carreira: Portuguesa, Palmeiras e Atlético-PR, com memoráveis passagens.. 

Fonte:

Deixe um comentário