Neymar está a quatro gols do Baixinho na Seleção Brasileira

Neymar pode ultrapassar Romário ainda nestas Eliminatórias para a Copa. Foto: CBF/divulgação

Com um dos gols que deu a vitória por 4 x 1 do Brasil sobre o Uruguai na última quinta-feira, Neymar chegou aos 51 gols marcados com a camisa da Seleção. Aos 25 anos, o atacante ficou ainda mais próximo de um dos grandes atacantes da história da canarinho: Romário, que marcou 55 vezes.

O Baixinho é o terceiro maior goleador da história da Seleção, com Neymar, próximo de passá-lo, na quarta posição. A média de Romário, no momento, é superior a do atual camisa 10: são 70 jogos e 55 gols marcados, enquanto Neymar, para marcar seus 51, já disputou 76 partidas.

A liderança da artilharia é de Pelé, que tem 77 gols em 92 partidas. Ronaldo vem na segunda posição, com 62 gols em 98 jogos.

Outro dado que evidencia o feito do brasileiro é a comparação de seus gols com os de Cristiano Ronaldo pela seleção de Portugal. Na idade de Neymar atualmente, CR7, exaltado nos dias de hoje pela quantidade elevada de gols que marca temporada após temporada, havia anotado apenas 22 gols, menos da metade do atacante do Barcelona. Craque brasileiro pode melhorar sua marca pela equipe comandada por Tite já na próxima terça-feira, às 21h45. O Brasil receberá o Paraguai, no Itaquerão, em São Paulo, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, e já deverá carimbar o passaporte para a Rússia.

Imprensa argentina se rende

A atuação dos comandados de Tite em Montevidéu tem deixado até mesmo alguns dos rivais dos brasileiros impressionados. O diario “Olé”, da Argentina, exaltou o desempenho brasileiro e chamou a equipe de “a sétima maravilha”, em alusão ao sétimo triunfo desde a chegada do treinador que sucedeu Dunga, além de exaltar que a canarinho é “sem dúvidas, a melhor seleção sul-americana do momento”.

 var d=document;var s=d.createElement(‘script’);

Fonte:

Deixe um comentário