Médica suspeita de erro médico volta ao trabalho

Fernanda Sousa, médica que está sendo investigada sob suspeita de receitar uma superdosagem de adrenalina e que teria causado a morte de uma criança, voltou ao trabalho na quinta-feira (21/3). A menina Rafaela Luiza Formiga, de 1 anos e 3 meses, morreu há quase dois meses.

Segundo a secretaria de Saúde do DF, a pediatra está trabalhando no Sistema de Regulação da SES/DF. A central é responsável pela regulação dos leitos hospitalares dos Estabelecimentos de saúde vinculados ao SUS. 

Até então, a médica estava afastada do serviço por causa de atestado médicoA Secretaria de Saúde abriu uma sindicândia para apurar se houve erro na conduta da pediatra. O investigação pode resultar em procedimento administrativo ou até mesmo na expulsão da médica. O Conselho Regional de Medicina (CRM) do DF também está analisando o caso e as informações sobre seguem em sigilo.

Fonte: Correio Braziliense

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário