Mario Monti diz que Europa teme a volta de Berlusconi

Premiê italiano acredita no impacto negativo que a volta de Berlusconi terá na moeda única em caso de vitória nas legislativas previstas para o final de fevereiro

Mario Monti, primeiro-ministro italiano

Monti lidera uma coalizão centrista nas legislativas de 24 e 25 de fevereiro (Max Rossi/Reuters)
O primeiro-ministro italiano Mario Monti afirmou neste domingo que a União Europeia teme a volta de Silvio Berlusconi ao poder e seu impacto negativo na moeda única, o euro, em caso de vitória nas legislativas previstas para o final de fevereiro. “Berlusconi me decepcionou, fracassou em todos seus encontros importantes e traiu a revolução liberal. A UE teme sua volta porque está farta da indisciplina financeira e da incapacidade de decidir coisas que também colocam em perigo a zona euro”, afirmou Monti ao canal TgCom24, que pertence ao‘Cavaliere’. Monti lidera uma coalizão centrista nas legislativas de 24 e 25 de fevereiro.
O ‘Cavaliere’, aos 76 anos, baseia grande parte de sua campanha eleitoral em ataques contra a UE, a moeda única e o papel da Alemanha no bloco europeu.
As críticas de Monti resultaram numa resposta imediata dos partidários de Silvio Berlusconi.”Monti diz que a UE teme a volta de Silvio Berlusconi? Posso assegurar que a Itália teme a volta de Monti”, replicou Gianfranco Rotondi, ex-ministro do antigo governo.
Fonte: Veja Online
Extratos dos Jornais

Deixe um comentário