Mário de Oliveira renuncia ao cargo de deputado federal

Alvo de pelo menos dois inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF), o deputado federal Mário de Oliveira (PSC-MG) renunciou hoje (15) ao mandato. Por telefone, o parlamentar disse que deixou o cargo por problemas de saúde.

Nos inquéritos em andamento no STF, Oliveira é investigado pelos crimes de formação de quadrilha, fraude, estelionato, falsidade ideológica entre outros. Ele, no entanto, disse desconhecer os inquéritos e informou que deixa o cargo devido à necessidade de se manter afastado da Câmara por um longo período para recuperação de um enfarto.

“Mas do que você está falando? Tem alguma coisa [no STF]? Na verdade, nem sei do que você está falando”, disse Oliveira ao ser perguntado sobre os inquéritos no Supremo.

“Tive três infartos em novembro, foi muito fortes, tive três paradas cardíacas. Fiz três cateterismos e vou passar o ano todo em observação médica. Já me ausentei uns quatro meses e acho que não dá mais para conciliar com a atividade parlamentar”, acrescentou.

A carta de renúncia de Mário Oliveira foi lida na tarde de hoje no plenário da Câmara. Com isso, assumirá a vaga o suplente Stefano Aguiar (PSC-MG).

Ivan Richard
Repórter da Agência Brasil

Fonte:

Deixe um comentário