Manifestantes complicam o trânsito

Manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) bloquearam a Estrada Parque Taguatinga (EPTG), a Estrutural a BR-020 e a BR-080, na manhã desta sexta-feira (6/9). De acordo com o líder do movimento, Rogério da Cunha, cerca de mil pessoas reivindicam a aprovação de um projeto de lei que pretende dá auxilio moradia a famílias carentes.

Na BR-020, próximo a Planaltina, um grupo do movimento ateou fogo em pneus para exigir a regularização do assentamento Nova Planaltina. A Polícia Militar negociou com os manifestantes, que aceitaram deixar o local. O Corpo de Bombeiros foi chamado para apagar as chamas.

Na EPTG, 100 pessoas bloquearam a via marginal, na altura da residência oficial do governador, sentido Plano Piloto. O protesto também bloqueou vias com pneus e fogo. A PM chegou ao local e dispersou os manifestantes com gás lacrimogêneo. Uma gestante e outra mulher foram levadas para o hospital.

Os bombeiros chegaram ao local e conseguiram apagar as chamas. A Tropa de Choque da PM conseguiu retirar os pneus e as faixas da via começaram a ser liberadas. Os manifestantes foram afastados da via pela PM. Rogério Cunha e outros dois militantes foram presos por desobediência. Eles foram encaminhados à 4ª Delegacia de Polícia (Guará).

Na Estrutural, cerca de 150 manifestantes chegaram de ônibus à rodovia, segundo a PM. O grupo não conseguiu bloquear a via com pneus e começou a marchar em direção ao Plano Piloto. 

Fonte:

Deixe um comentário