Longe de ataque, turista ignora crise em Santa Catarina

Enquanto os moradores enfrentam as restrições no transporte público causadas pela onda de violência, os estimados 450 mil turistas que escolheram Florianópolis para o Carnaval praticamente ignoraram o transtorno. 
Nenhum dos 22 ataques em Santa Catarina durante o Carnaval ocorreu em área turística, segundo a PM. Ao todo, foram 95 casos durante 14 dias, em 30 dos 295 municípios. 
Os mais graves envolvem a queima de ônibus, interrompendo linhas e limitando os horários de circulação, e ataques a prédios públicos. 
Nos últimos dois dias foram quatro ataques. Em um deles, criminosos incendiaram um carro da Guarda Municipal de Tubarão.
Em Jurerê Internacional, a praia preferida pelos turistas paulistas, o clima ontem era de tranquilidade.
Uma concessionária expunha Ferraris e outros carros de luxo em estande no caminho para a praia, guardados por só um segurança. 
Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/
Sites e blogs.

Deixe um comentário