Investimentos nos quatro aeroportos leiloados devem passar de R$ 6,6 bi

Aeroporto Salgado Filho, de Porto Alegre, ficou sob os cuidados de empresa alemã. Foto: ME/ Portal da Copa

Os grupos estrangeiros que vão operar os aeroportos de Porto Alegre, Fortaleza, Salvador, Florianópolis, leiloados hoje (16), já têm experiência na administração de outros terminais em diversos países. A expertise na operação aeroportuária era uma das exigências do edital de licitação para a concessão.

Os investimentos previstos para os quatro aeroportos são de R$ 6,613 bilhões. As empresas terão de investir na ampliação dos terminais de passageiros (exceto Florianópolis, que terá um novo terminal), dos pátios das aeronaves e das pistas de pouso e decolagem. Também estão previstos aumento do número de pontes de embarque e dos estacionamentos de veículos.

A empresa alemã Fraport, que será a administradora dos aeroportos de Porto Alegre e Fortaleza, opera seis aeroportos na Europa, entre eles o aeroporto de Frankfurt, considerado um dos mais modernos do mundo, além dos terminais de Hannover, também na Alemanha, outros dois na Bulgária, um na Rússia e outro na Eslovênia. A Fraport, que no ano passado registrou movimentação de mais de 150 milhões de passageiros, também opera três aeroportos na Ásia e um na América Latina (Peru).

O presidente-executivo da Fraport, Stefan Shulte, disse que a empresa está empenhada em desenvolver os dois aeroportos para o benefício do Brasil. “Vamos rapidamente implementar processos e serviços melhorados, bem como ofertas atraentes de alimentação e bebidas”, disse Shulte, em nota no site da empresa.

O aeroporto de Porto Alegre foi arrematado por R$ 290,5 milhões, com ágio de 852,12%, e o de Fortaleza foi leiloado por R$ 425 milhões, com ágio de 18,5%.

Salvador e Florianópolis

O Aeroporto Internacional de Salvador será administrado pela Vinci Airports, operadora aeroportuária francesa que administra 35 aeroportos em seis países (Japão, Portugal, Camboja, República Dominicana, Chile e França). No ano passado, os terminais atenderam mais de 132 milhões de passageiros. O aeroporto de Salvador foi arrematado por R$ 660,9 milhões, com ágio de 113%.

O vencedor da concessão do Aeroporto Internacional de Florianópolis (RS) foi a operadora suíça Zurich International Airport, que administra o terminal de Zurique, na Suíça, com circulação de 25 milhões de passageiros por ano. O aeroporto de Florianópolis foi licitado por R$ 83,3 milhões, ágio de 58%.

Saiba Mais

} else {

Fonte:

Deixe um comentário