Inscrições abertas para programa “Brasília sem Fronteiras”

Abrem amanhã (27) as inscrições para o programa “Brasília sem Fronteiras 2013”, que selecionará 126 estudantes de escolas pública do Distrito Federal e 64 servidores do GDF para um intercâmbio internacional nos Estados Unidos e na Europa.

“Esse Programa funcionará como um catalisador de mudanças na vida não só dos participantes mas na das famílias deles e também na da comunidade”, destacou o secretário-chefe da Assessoria Internacional, Odilon Frazão.

O cadastro deve ser feito ser feito on-line até 12 de setembro, pelo site da Assessoria Internacional do GDF (www.internacional.df.gov.br), onde o interessado deve preencher um formulário.

Os estudantes concorrerão às vagas do Curso de Inovação com Imersão em Cultura e História Americanas, na Universidade de Georgetown, em Washington-EUA.

Para concorrer, é necessário ter entre 16 e 19 anos de idade; ser estudante ou oriundo da rede pública de ensino do DF; e estar matriculado no curso de língua inglesa, a partir do nível avançado II, no Centro Interescolar de Línguas (CIL).

O jovem também deve participar, há pelo menos um ano, do programa “Um Gol de Educação”, da Secretaria de Educação do Distrito Federal, que tem o objetivo de capacitar os alunos para serem voluntários na Copa.

As vagas para servidores e empregados públicos do GDF são para Gestão Pública, na Universidade de Haia (Holanda); Hospitalidade em Grandes Eventos, na Universidade de Krems, e Cidades Inteligentes, no Instituto de Tecnologia da Áustria (ambos na Áustria).

Para se inscrever, é necessário que o candidato tenha entre 21 e 32 anos de idade; seja fluente em língua inglesa a partir do nível avançado; e tenha completado ou esteja cursando nível superior.

Quem preencher os pré-requisitos do Programa realizará prova objetiva de Inglês e de Atualidades, marcada para 15 de setembro, e aulas no exterior, que devem começar em novembro deste ano.

O programa é realizado pelo GDF com a articulação da Assessoria Internacional do GDF; da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação; da Secretaria de Educação; e da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF).

Fonte:

Deixe um comentário