Idosos russos ensinarão a língua de graça a estrangeiros

 

Igor Rozin*

Um novo projeto que terá início neste mês estabelecerá contato via Skype entre aposentados de Moscou e estudantes estrangeiros da língua russa. A ideia é que, além de praticar o idioma russo gratuitamente, os alunos tenham uma visão mais ampla sobre a cultura e a mentalidade da Rússia, sugere a cofundadora do projeto, Svetlana Pavchintseva.

“Os nossos pensionistas já viveram bastante e coisas interessantes. Eles poderão falar sobre isso, compartilhar sua sabedoria, e, assim, compensar a falta de socialização. Enquanto isso, graças a eles, estudantes de outros países irão não só praticar as suas competências linguísticas, mas também aprender mais sobre nossa cultura, história, forma de pensar”, diz Pavchintseva.

O projeto lançou o site http://www.lingualink-g.com, no qual os estudantes de fora podem conhecer detalhes da iniciativa e entrar com um pedido para participar dela. Os senhores e senhoras que irão colaborar estão sendo selecionados em diversas entidades da capital.

“Pelo site, já recebemos 15 candidaturas de estudantes do Reino Unido, da França, dos EUA, da China e da Tailândia. Até o final do ano, queremos expandir o projeto e reunir mais pessoas. Esperamos ter 30 pares até lá”, prevê Pavchintseva.

 

Aposentados – Coordenadora da organização inter-regional Geração Mais Velha, Tatiana Prussova, acredita que o interesse entre os aposentados em Moscou será grande.

“Eu mesmo sou aposentada, mas não deixei meus interesses na vida. Há professores aposentados e muitas pessoas com ótimo nível educacional. Alguns podem ter interesse em estudar a cultura de outro país também. Quem sabe as sessões via Skype possam ser realizadas em duas línguas, para que ambas as partes possam praticar as suas competências linguísticas”, diz a cofundadora do projeto.

Jornalista*

Fonte:

Deixe uma resposta