Hospital de Ceilândia ganha novo Banco de Leite

A capacidade de coleta e processamento no Banco de Leite Materno do Hospital Regional de Ceilândia (HRC) aumentará em mais de 100% com as novas instalações inauguradas hoje, como parte das comemorações da Semana Mundial de Aleitamento no Distrito Federal.

“Vai aumentar a capacidade de mães atendidas e de produção. Atualmente eles pasteurizam cerca de 120 litros por mês e isso vai mais que dobrar, chegar a quase 300 litros”, explicou a coordenadora da Rede de Bancos de Leite do DF, Mirian Santos.

“Essa doação (de leite materno) significa vida. Agora falta reformar apenas duas unidades que já funcionam, mas de forma precária, e colocar num padrão como esse”, destacou o governador Agnelo Queiroz durante a inauguração.

A readequação do espaço era esperada há mais de 20 anos e a unidade teve a área ampliada de 36m para quase 200m, além de receber novos pasteurizadores, freezers e esterilizadoras, num investimento total de R$350 mil.

Uma parceria com a Universidade Católica de Brasília possibilitou a aplicação de R$500mil na parte física e no mobiliário do setor e a obra durou cerca de um ano e meio.

 

NÚMEROS- Desde janeiro deste ano, o Banco de Leite do HRC atendeu 1.237 mães e fez outras 1.751 visitas domiciliares para coleta de leite com ajuda do Corpo de Bombeiros, o que beneficiou 922 bebês com mais de 900 litros do alimento.

“Precisamos incentivar a amamentação e valorizar as mães doadoras, pois sem elas de nada adiantaria a infraestrutura e o nosso serviço”, lembrou Mirian Santos.

O Distrito Federal tem, atualmente, 15 bancos de leite -sendo 10 deles em hospitais da rede pública- o que representa cobertura de 100% das maternidades e uma coleta de 1,4mil litros de leite por mês, em média.

Fonte:

Deixe um comentário