Guerra fiscal em SP

O Secretário de Fazenda do governo do Estado de São Paulo, Andrea Calabi, disse nesta quarta-feira (20/3), que o seu Estado está disposto a aderir à proposta do governo de acabar com a guerra fiscal caso os ressarcimentos sugeridos pela União sejam aumentados de R$ 8 bilhões para R$ 12 bilhões ao ano. Segundo explicou, a proposta do governo não prevê anos difíceis em que, somente o estado de São Paulo perderia de R$ 4 bilhões a R$ 6 bilhões. caso parasse de conceder incentivos fiscais às empresas já instaladas. 

A proposta endossada pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega é de ressarcir os estados que perderiam com o fim da guerra fiscal em um valor limitado em 8 bilhões por ano pelos próximos 15 anos. Calabi sugeriu que a proposta seja aumentada para R$ 12 bilhões durante 20 anos. “Só o estado de São Paulo deve perder R$ 55 bilhões com o fim da guerra fiscal, então nós acreditamos que o governo terá que ceder”, disse Calabi.

Fonte: Correio Braziliense

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário