Governo multa em R$1 milhão a empresa que gerencia o Mineirão

A reabertura do Mineirão depois da reforma para receber a Copa das Confederações deste ano e a Copa do Mundo de 2014 foi um desastre, que gerou uma multa de R$1 milhão para a Minas Arena, empresa que administra o estádio.

Depois do clássico do último domingo, torcedores de Cruzeiro e Atlético-MG se uniram para reclamar de problemas com a infraestrutura e de serviços no estádio.
Ricardo Bastos/Hoje em Dia/Folhapress
Bar fechado na reabertura do Mineirão, neste domingo
Bar fechado na reabertura do Mineirão, neste domingo
A falta de água para beber e para higiene básica dos banheiros, que acarretou em muita sujeira nos banheiros, foi a principal reclamação. Além disso teve problema com os acessos externos, bares e restaurantes fechados e iluminação comprometida.

A Minas Arena é uma empresa privada que ganhou a licitação para modernizar e administrar o estádio mineiro responderá pelos problemas com multa, já que o valor investido pelo governo de Minas Gerais para gerar um estádio de primeiro mundo foi de R$ 665 milhões.

Fonte: Folha Online

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário